quinta-feira, 23 de março de 2017

Relacionamentos Rasos em Fanfics

Oiee! Como vão? 

Uma das leitores do blog (Isabel) me deu uma ótima ideia de postagem! Então hoje irei falar sobre os relacionamentos rasos em fanfics, do porquê deles (pelo menos do meu ponto de vista) e também como evitá-los. 

Bom, primeiramente, relacionamentos rasos são aqueles personagens que mal se conhecem e já são o amor da vida um do outro, é claro que aparecem em mais situações diferentes, mas hoje irei usar esse como exemplo. 

Vou citar o clássico "garoto popular X menina nerd", já avisando de antemão que eu adoro clichês, tá bom? Qualquer clichê bem desenvolvido pode se tornar uma história maravilhosa, esse é meu lema!

Imagine que lá está a menina nerd (ou menino, pra quem gosta de yaoi, como eu) andando pelo corredor, quando o carinha popular que ela tá a fim, finalmente olha pra ela. Saem fogos de artifício, BUM! Ambos estão apaixonadíssimos! No próximo capítulo eles já estão na cama, planejando o casamento e quantos filhos terão...

Enfim, vocês provavelmente devem ter lembrado de alguma fic em que o romance dos personagens principais se desenvolve de uma maneira muito rápida e sem fundamento, tô mentindo?

Mas lembrando, é claro, que para tudo tem exceção, viu gente? Inclusive, já escrevi uma história onde o relacionamento avançado dos personagens principais foi proposital e justamente pelo fato de não se conhecerem tão bem, há uma briga seríssima entre os dois, não vou dar os detalhes disso aqui porque não convém agora, é só um exemplo mesmo de que tudo tem exceção.

Continuando, outra coisa que eu vejo muito é a falta de profundidade dos personagens também, isso costuma vir juntamente com os relacionamentos rasos, porque pensa comigo, se seu personagem não tem passado, não é desenvolvido, não tem personalidade própria, gostos, porque o relacionamento dele teria um diferencial? 

Então gente, peço para que tomem muito cuidado ao desenvolver os seus personagens muito precipitadamente. Digo isso porque eu já cometi MUITO esse erro de não pensar exclusivamente no personagem antes de começar a história em si, então anota essa dica, antes mesmo de começar suas histórias, sempre faça uma ficha dos seus personagens. 

E caso já tenha começado a história, nunca é tarde demais para criar um passado para seu personagem e uma ficha sobre ele, isso te ajuda a conhecê-lo ainda melhor e a clarear a mente dos seus leitores sobre ele também. 

Assim como a falta de profundidade dos personagens é um dos problemas dos relacionamentos rasos, outra causa muito recorrente é a cobrança dos leitores... Você deve estar se perguntando "como assim?" e eu te explico!

Quem nunca viu ou até mesmo escreveu um review ao autor para ver logo um beijo do casal principal ou para que os personagens fossem logo pra cama, cobrando para que eles se aproximassem logo? Acontece, não podemos negar.

E você não precisa lutar contra os seus leitores por isso, mas sim, somente não ceder, saiba que se eles gostarem da sua história, não te abandonarão e continuarão lendo, por mais ansiosos que estejam por tal momento.

Nunca desista do que você quer fazer originalmente pra fic somente porque um leitor te sugeriu, ok? É claro que tem ideias de leitores que são ótimas, mas nunca abandone algo que você queira só por causa de outra pessoa, viu? 

Para finalizar, queria dizer que evitar tais relacionamentos sem profundidade, felizmente  é bem fácil. Primeiramente, sempre siga seu coração, não faça alterações ou até mesmo acelere o enredo por pressão dos leitores... 

Outra coisa que é muito importante, planeje-se, tire um tempo pra preencher a ficha do seu personagem, coloque nela todas as características físicas dele e pessoais também. Abaixo está a mais completa ficha que eu já encontrei, escrita por um serzinho maravilhoso que disponibilizou para nós. 


Para fazer o download, basta clicar na pasta "arquivo", ok? 


Bom, espero que tenham gostado da postagem e que ela não tenha sido cansativa de ler e nem confusa. Gosto de tratar desses assuntos aqui pelo blog, mas não sei se a minha abordagem é muito prolixa, então seu feedback é importante para eu melhorar sempre mais o meu conteúdo. 

Beijinhos e até a próxima postagem!

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Eu odeio finais!

Como o título da postagem já diz, eu odeio finais!

Principalmente daquelas histórias ou até mesmo filmes dos quais a gente se apega tanto que não quer que acabe nunca. Provavelmente vocês já sentiram isso
Mas eu venho aqui falar um pouco sobre Welcome Home, que foi a história continuação de Stranger, que também me marcou muito! 
Inclusive, Stranger está em processo de revisão. Por ela ser minha segunda história yaoi, não que tenha muitos erros de português, mas tem alguns furos de enredo e algumas "pérolas" que eu queria muito corrigir, então quando todos os capítulos forem revisados e reescritos, avisarei aqui!
Enfim, o motivo de eu estar tão mal com o fim de Welcome Home, é que os personagens principais são muito importantes pra mim. Mark e Lucas são daqueles personagens que é difícil entrar na nossa cabeça que é pura ficção, entende?
Mesmo sendo eu que criei ambos, que narrou toda a trajetória dos dois e todos os tropeços e recomeços deles, esses dois me ensinaram muita coisa. Não sei se é maluquice dizer isso, só sei que eu amadureci muito no período da primeira história para a continuação dela. E que finalizar foi difícil, mas necessário. 
Não precisamos deixar de olhar pra trás, mas sim, não esquecer de sempre seguir em frente! Eles nunca vão deixar de ser meus personagens preferidos, de todos que eu já criei, mas merecem uma homenagem especial! ♥
Você que está lendo isso agora e não conhece nenhuma dessas duas histórias que citei e está curioso com o porquê de eu amar tanto os personagens Mark e Lucas, me mandem uma mensagem no Nyah Fanfiction (meu perfil aqui), que eu farei um resuminho sobre eles caso tenha interesse. 
Bom, então aqui me despeço dessas duas histórias que me marcaram muito e que eu jamais vou esquecer, sempre terei um apreço especial! ♥
E vocês? Tem uma história que tenham que amam tanto assim? Mesmo sua escrita na época não sendo das melhores? Conta aqui pra mim que eu vou adorar saber! 

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Muita coisa acontecendo

Quando fiz a última postagem, já era o último dia do ano passado e eu não tinha ideia do que aconteceria de lá para cá. 

Quem me conhece sabe que eu vivo me queixando de falta de tempo, ou por estar cansada/esgotada/exausta/exaurida/semimorta (exagerada! kk) pelo fato de estar escrevendo dois capítulos semanais para postar.

Mas eu estou fazendo isso por um motivo e até então eu não tinha parado para refletir muito.

  Posso até estar reclamando, mas isso me fez chegar numa conclusão. 
  E sabe o que é? Eu estou fazendo o que eu amo.

Nós, autores do nyah, sofremos constantemente com crises existenciais, muitas vezes nos desanimamos, pensando que ninguém está se agradando do que estamos escrevendo, também ficando tristes com a falta de reviews. 

Mas nós continuamos porque sabemos que sempre tem aquelas pessoas que gostam do nosso trabalho, que nos enchem de alegria ao dizer que ela não estava em um dia bom e o capítulo animou o dia dela, isso não tem preço

Eu estou perto de finalizar Welcome Home, que atualmente posto capítulos aos sábados. Ela é continuação de uma das minhas primeiras histórias, então só de pensar em escrever um segundo final para os personagens que eu amo tanto, já me aperta o coração. 

Depois disso, terei somente um capítulo semanal, assim como antes, aos domingos; então a ingênua aqui acreditou que voltaria a ter tempo livre, ingênua mesmo.

Essa semana fui fazer a matrícula de um curso com duração de dois anos, então mesmo tendo que escrever um capítulo semanal, agora estarei estudando e em breve voltarei a trabalhar, não vai ser moleza. 

E isso me remete aqueles motivos que citei aqui anteriormente, porque eu poderia muito bem parar de postar semanalmente, não ter prazo para postar, mas por amar tanto o que faço, não vou conseguir deixar esse compromisso de lado. ◕ω◕

Então eu espero que com vocês também seja assim, para começar esse 2017 com o pé direito e focar no que é importante, porque tudo o que fazemos com amor, um dia voltará para nós com o dobro do carinho. 

Eu sei que as vezes é difícil dar prioridade às histórias quando se tem tanta coisa pra fazer, mas se você sentir que deve fazer isso, que seus leitores merecem, então faça, eles serão extremamente gratos

Bom, então essa foi só uma postagem de início de ano. Um ano cujo reserva muitas e muitas surpresas para nós.